Home / EXPLORED HISTORY / O Louco que assumiu a presidência do Brasil
Presidente Delfim Moreira ao assumir o mandato. Brasil, 1918, colorizado artificialmente.

O Louco que assumiu a presidência do Brasil

A história de hoje é sobre o presidente brasileiro que assumiu o cargo com (literais) problemas mentais. Delfim Moreira foi presidente do Brasil de novembro de 1918 à julho de 1919, deixando poucas marcas no governo, mas se destaca por ter assumido o cargo enquanto era vítima de uma doença mental.

O mineiro Delfim Moreira foi vice presidente de Rodrigues Alves, que morreu de gripe espanhola antes de concluir o mandato. Delfim assumiu a presidência até as próximas eleições.

O que marcou seu mandato não foram suas ações, mas sim sua personalidade severamente afetada por uma doença que roubava sua atenção e o fazia agir de forma caipiresca, frequentemente parecendo não entender -e de fato não entendendo- o que acontecia ao seu redor.

O presidente frequentemente assinou documentos sem ler, e quando lia, geralmente não entendia nada. A doença o afetou a ponto de confundir o palácio do Catete com uma chácara, afirmando que seus jardins eram excelentes para criar galinha.

Quem governou de fato durante seu mandato foi seu Ministro da Viação, Afrânio de Melo Franco, cuja importância nesse período foi tanta que passou a ser chamado de “Primeiro-Ministro do Brasil”.

Delfim Moreira morreu no ano seguinte, enquanto vice presidente da chapa com Epitácio Pessoa, vítima de envenenamento por mercúrio que lhe foi injetado em excesso, esperando-se conter sua doença que se agravou após a morte de sua filha.

About Lucas Mayon

Estudante de Direito em Brasília, criador da página.

Check Also

Um mundo romano continuado por bárbaros

A queda do império romano em 476 d.c marca historicamente o fim da idade antiga …

One comment

  1. Adorei esse site! Parabéns!