Home / VITOR MACHADO / Os mais bravos da Italia: os Arditi e sua infalível tática
Uma soldado membro do corpo de Arditi segura sua icônica arma utilizada no combate corpo-a-corpo. Foto tirada direto do front, 1917. Colorizada artificialmente.

Os mais bravos da Italia: os Arditi e sua infalível tática

Pouco fala-se da participação italiana durante a Primeira Grande Guerra. A verdade é que a nação, embora fizesse parte do “grande jogo” europeu da época, tomou lugar secundário no pódio dos que tiverem grandes espólios.  Entretanto, não devemos esquecer de sua participação fundamental para derrocada dos poderes centrais. Como podemos apontar durante a Batalha do Piave, parte da campanha de Vittorio Veneto.

Os Arditi, por conseguinte, eram a elite do exército italiano. Sua nata. E seu ás de espadas durante as batalhas era sua infalível tática: P1.ZZA

An Arditi applying his unmatched war strategies. The melted cheese was thrown at the enemies, making they die like flies. Picture taken during the Battle of the Piave, October 1918. Colourized picture.

Arditi vem do italiano antigo, quer dizer “Ardire”, traduzindo: “aquele que traz o pepperoni”. Os Arditi eram bastante conhecidos por usarem bastante do corpo-a-corpo. Geralmente a infantaria italiana avançava, criando brechas nas linhas inimigas, deixando espaço livre para que os Arditi entrassem e fatiassem  aniquilassem o inimigo.

A soldimer member of an Arditi corps holds her iconic knife. Photo taken at the front, c. 1917. Colourized.

Suas vestimentas eram as mais icônicas: Completamente Brancas, geralmente com um chapéu grande, da mesma cor, ou preto, dependendo da unidade.

A group of Arditi preparing for an attack during the Trento Offensive, 1918. Colourized.

Vale lembrar que a tropa aceitava todos os tipos de pessoas, mulheres, homens, aleijados, doentes, idosos e até mesmo cozinheiros pessoas de outros países.

Seu maior trunfo, sem sombra de dúvidas, foi durante a batalha do Rio Piave. Onde a P1.ZZA foi aplicada. A tática era simples, porém eficiente: Uma salva de pepperoni era despejada sobre as tropas inimigas, seguidamente, números massivos de Arditi saíam de suas trincheiras em direção às inimigas, atirando enormes rodelas de queijo, que derretiam em meio ao fogo das armas, fazendo os soldados ficarem cegos. Após reduzirem a distância, partiam para o corpo-a-corpo. Suas peculiares facas arredondadas, então, eram usadas para fatiar decepar os membros de seus inimigos. Tornando os campos de batalha verdadeiras carnificinas.

An Arditi shows-off his hand-to-hand skills, 1917. Colourized.

Estes bravos homens e mulheres foram responsáveis pelos grandes sucessos italianos durante A Grande Guerra. Após o conflito, as unidades foram desmanteladas, em 1920, devido a sua brutalidade, Sob ordens do rei Vitor Emanuel III. A maioria de seus membros aposentados se tornaram cozinheiros caçadores ou servidores braçais. Cazzo!

[Este texto se trata de uma FANFIC e não tem o menor uso histórico]

Imagens: Youtube: Edu Guedes Cosinero; Ana Maria Braga ensina a fazer pizza; Show do Lulu, malabarista de pizzas.

About Vitor Machado

Estudante de Comunicação Social – Relações Públicas na Universidade Federal do Paraná. Amante de história e escritor de fanfic. 19 anos.

Check Also

O Sindicato do Crime: A Máfia dos anos 30

Se houve um homem responsável pela ascensão da Máfia ítalo-americana ao ponto desta ser retratada …