Home / EXPLORED HISTORY / Desmistificando o Império Mongol
Kublai Khan ao ver sua frota destruída por um tornado durante a guerra com o Japão. Costa da Coréia do Sul, 1281. Colorizado artificialmente.

Desmistificando o Império Mongol

Império mongol: segundo maior império da história, e maior em território contínuo. Em seu auge, seus domínios iam da China ao Belarus. Assim como todo grande império, o Império Mongol teve uma história rica em lendas e controvérsias. E é sobre isso que falaremos hoje. Sem demoras, vamos ao:

Mito nº 1- o império mongol chegou a matar ⅔ da população chinesa: vai me dizer também que Genghis Khan tinha armas nucleares? Não, o império mongol não matou esse tanto de gente. O que aconteceu ao longo de boa parte da história do império é que o censo demográfico era negligenciado em boa parte da China, tornando difícil saber exatamente quantos chineses haviam antes da conquista dos mongóis.

Mito nº 2- os mongóis deixaram apenas rastros de destruição por onde passavam, sem cooperar nos avanços dos países conquistados: é claro que os mongóis deixaram algumas marcas ruins em sua história, mas essas não foram suas únicas marcas. Na prática, os mongóis trouxeram uma série de avanços nos territórios dominados: revitalizaram a Rota da Seda (a principal estrada a conectar a Europa ao leste asiático); estabeleceram um sistema de lei universal, aceitavam todas as religiões (inclusive dentro das côrtes); criaram um exército profissional, onde as promoções eram feitas por mérito e não por herança; e ainda criaram um sistema eficiente de correios, reduzindo pela metade o tempo necessário para uma notícia ou uma nova tecnologia se espalhar pelo império.

Mito nº 3- a queda do Império se deu pouco tempo depois da morte de Genghis Khan: a morte de Genghis Khan não apenas não significou a decadência do império, como também não marcou o fim de sua expansão. A expansão do Império Mongol permaneceu mais mais trinta anos, chegando ao seu auge durante o reinado de Kublai Khan. Esse sim, devido à instabilidade de seu reinado, deixou o império fragmentado após sua morte.

 

Todo grande império vive cercado de lendas. Não é difícil imaginar absurdos por parte de um império que era temido por onde passava. Mas não devemos esquecer que, politicamente, o Império Mongol foi um império como qualquer outro: deixando marcas boas e ruins nas terras que ocupou.

About Lucas Mayon

Estudante de Direito em Brasília, criador da página.

Check Also

Desmistificando o Segundo Reinado- Parte II

Algumas semanas atrás, lancei um post aqui no site desmentindo alguns exageros espalhados sobre o …