Home / INICIO / Ascensão e queda do Império Inca- a maior das nações pré-colombianas.
Atahualpa, o último Sapa Inca. Peru, 1528, colorizado artificialmente.

Ascensão e queda do Império Inca- a maior das nações pré-colombianas.

Camaradas, hoje falarei um pouco acerca do império que construía suas cidades no topo de montanhas, as esculpia nas mais diversas formas e plantava literalmente nas alturas. O artigo de hoje será  sobre a ascensão e queda do Império Inca.

Os incas eram um dos diversos grupos culturais e étnicos da região andina, divididos em cidades-Estados. Esses povos competiam entre si pela hegemonia cultural, desenvolvendo templos grandiosos e tentando fazer florescer seu comércio. Cada grupo possuía sua própria língua e sua própria religião.

O povo inca começou a se organizar na cidade-Estado de Cuzco. O governante recebia o título de Sapa Inca, e esta cidade se tornou um importante centro de desenvolvimento nos andes peruanos. O domínio de Cuzco cresceu com as eventuais guerras travadas contra seus vizinhos, chegando ao ápice por volta de 1438.

Machu Picchu, a capital de veraneio construída sobre as montanhas no reinado do Sapa Inca Pachacuti. A ameaça do avanço espanhol levou o imperador a destruir a estrada que permitia o acesso a cidade, mas a população posteriormente morre de fome.

A partir do reinado do Sapa Inca Pachacuti, Cusco se consolidou como um império. Sua expansão, a partir desse reinado, não se deu mais apenas por meio da força, mas também foram feitos grandes avanços na diplomacia para que a anexação dos vizinhos também pudesse ser feita de forma pacífica.

Mensageiros eram enviados aos líderes das tribos vizinhas, informando aos governantes as vantagens de aderir ao império. Aqueles que aceitavam a proposta recebiam um lugar na côrte, tinham uma vida próspera, seus filhos eram educados com os mestres da cidade em Cusco e seu povo receberia a proteção do Sapa Inca. Em troca, deveriam pagar tributos ao imperador e oferecer serviços específicos ao império.

A expansão do império inca foi acompanhada de grandes avanços tecnológicos. Foram construídas grandes estradas, criados serviços postais e grandes rotas comerciais. Seu auge foi alcançado em 1450, quando já dominava boa parte do Peru, Bolívia, Chile, Equador e mais partes da Argentina e Colômbia.

O Império Inca no máximo de sua extensão.

Como nem tudo que é bom é eterno, em 1529, o conquistador espanhol Francisco Pizarro chegou ao império, que estava dividido em uma guerra civil pela sucessão do trono. Ao receber a permissão da coroa espanhola para conquistar aquelas terras e criar ali um vice-reinado, Pizarro iniciou sua campanha de conquista do império.

Por contar com um contingente muito menor que o dos seus adversários, Pizarro precisou intimidar o imperador para que sua conquista pudesse ser negociada. Devido aos problemas na comunicação entre os dois povos, Pizarro se frustrou na comitiva da negociação entre os dois e ordenou que sequestrassem Atahualpa.
Depois de sequestrado, Atahualpa atendeu todas as demandas espanholas, mas fora executado em troca. Sua morte marcou o fim do Império Inca, que passou a pertencer ao Império Espanhol.

About Lucas Mayon

Estudante de Direito em Brasília, criador da página.

Check Also

Falhando miseravelmente em Age of Empires II

  Então basicamente você começa o jogo com meia dúzia de aldeões e logo de …