Home / EXPLORED HISTORY / A Batalha de Mollwitz: a vitória impossível de Frederico II
Reação de Frederico II à vitória após a batalha, foto original do do Museu Histórico Alemão.

A Batalha de Mollwitz: a vitória impossível de Frederico II

O artigo de hoje é sobre a primeira grande vitória militar de Frederico II: o rei prussiano responsável por desequilibrar a balança de poder no Sacro Império Romano no século XVIII, que até o momento era praticamente dominado pela Áustria.

Tudo começa no reinado de seu pai, Frederico Guilherme I. Frederico Guilherme teve seu reinado marcado por uma série de reformas no exército: implementou a qualidade de sua infantaria a ponto de, na palavras de seu filho, “fazer um soldado prussiano valer como dois”. Isso foi possível graças à rigorosa disciplina e a prática constante de exercícios de disparo, que levaram os soldados prussianos a recarregar suas armas com o dobro da velocidade de um soldado comum de seu tempo.

Soldados prussianos conforme a descrição de Frederico II,
óleo sobre tela.

O rápido crescimento do poderio militar e do status diplomático da Prússia se tornou uma ameaça aos austríacos, que há séculos eram a potência hegemônica dentro do Sacro Império Romano. A crescente rivalidade entre os dois países culminou na Guerra da Silésia, em 1740, ano de coroação de Frederico II.

Frederico conseguiu tomar com sucesso duas das três fortalezas austríacas na região, até que seu exército foi atacado a caminho do depósito de Mollwitz. Os prussianos tentaram resistir o máximo possível, até que sua cavalaria foi rechaçada por uma carga austríaca e a batalha foi dada como perdida. O rei não teve outra opção que não fosse fugir, deixando algumas ordens anotadas para seus oficiais.

Algumas horas depois, quando Frederico já estava a 80 quilômetros do campo de batalha, um mensageiro veio de pressa com notícias: seu exército conseguiu resistir a múltiplas cargas de cavalaria austríacas, até que ela acabou de vez. Então, perfuraram a formação inimiga feito uma flecha, e alcançaram a vitória. Após a batalha, Frederico fechou um acordo secreto com os austríacos, que passaram a reconhecer a Silésia como parte da Prússia.

About Lucas Mayon

Estudante de Direito em Brasília, criador da página.

Check Also

Um mundo romano continuado por bárbaros

A queda do império romano em 476 d.c marca historicamente o fim da idade antiga …

One comment

  1. Acho que tá errado hein Lucas, como pode existir a Prússia em 1940?